segunda-feira, abril 19, 2010

Qual o limite de um cantor pop?

Você consegue imaginar seus pais ou até mesmo seus avós cantando e dançando igual a Britney Spears e Justin Timberlake? Certamente, pessoas da faixa etária dos seus pais e avós não começariam uma carreira no auge dos seus 50 ou 60 anos, mas houve quem ousasse começar suas carreiras ainda na juventude e até hoje mantêm suas continuam na ativa.

O cantor Pince começou a cantar aos 20 anos no fim da década de 1970 e, desde então, praticamente todo ano lança um álbum novo. Hoje, com quase 52 anos de idade, Prince continua mostrando que tem fôlego pra muitos anos de carreira.

Madonna começou sua carreira no começo da década de 1980 quando tinha 25 anos. Hoje, com quase 53 anos de idade (corpinho de 30) e 27 de carreira, a diva continua lançando seus álbuns e se reinventando através dos anos, além de encarar suas grandiosas turnês com shows agendados no mundo todo.

Simon Le Bom, vocalista do grupo Duran Duran, começou a cantar no grupo no comecinho da década de 1980 e até hoje, mesmo estando com 52 anos, Simon Le Bom continua cantando no grupo, lançando novos álbuns e novas turnês com os mesmos parceiros.

Outro exemplo de persistência no mundo da música pop é a cantora e atriz Cyndi Lauper que começou sua carreira musical em 1980 em um grupo chamado Blue Angel. Exatamente em 1983, Cyndi Lauper lançou-se em carreira solo aos 30 anos e, hoje, com 56 anos, Cyndi Lauper nunca deixou de lado sua carreira, nem na música, nem no cinema. Embora não tenha o mesmo prestígio de antigamente.

A rainha da Disco Music, Donna Summer, iniciou sua carreira oficialmente no começo na década de 1970, continuou naquela rotina de lançar álbum e depois divulga-los até 1994. Depois disso, Donna Summer deu uma leve aliviada em sua carreira e, apenas em 2008, a rainha da Disco Music voltaria a velha rotina com 61 anos.

Cher começou a cantar muito cedo com seu marido em uma dupla chamada Sonny & Cher em meado da década de 1960, quando ela tinha apenas 18 anos. A dupla acabou em meados da década de 1970, mas Cher continuou com sua carreira solo até o ano de 2005, quando terminou o que seria sua turnê de despedida. Porém, em 2008 começou uma série intensa de shows e ainda deu continuidade a carreira no cinema que a cantora iniciou na década de 1980. Hoje, Cher está com 63 anos.

Aqui no Brasil, um grande exemplo de persistência é a cantora Fernanda Abreu que começou a cantar na banda Blizt em 1982 quando tinha pouco mais de 21 anos. Ela saiu do grupo e até hoje está em carreira solo, no auge dos seus quase 50 anos (apesar de não parecer).

Bom gente, acho que ainda pode dar tempo de alguns dos nossos pais realizarem o sonho de tornarem-se cantor, não acham?

Por: Murilo Carlos Filho

Nenhum comentário: